Você sabia que a performance do seu site pode estar fazendo sua empresa perder clientes e vendas?

É fato! Ninguém suporta sites lentos, sistemas irresponsivos, software que trava, e isso acaba sendo ruim para todo mundo, os clientes que não conseguem o que queriam, e as empresas perdem cada vez mais usuários.

Quantas vezes você já deixou de finalizar uma compra porquê o site estava demorando muito para completar a transação?

Ou até mesmo amou uma ferramenta nova, cheia de funcionalidades que fariam do seu trabalho um mar de rosas, mas não suporta quando ela trava sem motivos aparentes, fazendo você perder um trabalho não salvo?

Se tem uma coisa que os seus usuários valorizam mais do que qualquer funcionalidade, usabilidade ou preço, com certeza é o seu próprio tempo.

Segundo uma pesquisa do Google, "53% dos usuários abandona um site se ele demorar mais que 3 segundos para carregar", e a maioria esmagadora dos sites tem uma performance que deixa muito a desejar.

Gráfico de performance do Google

Quando se iniciam os planejamentos para um novo software, diversos requisitos funcionais – ou seja, o que o seu software precisa fazer – são especificados, mas quase sempre requisitos não-funcionais, como por exemplo segurança, acessibilidade e performance são negligenciados pois aumentam o esforço do desenvolvimento do sistema.

Como em qualquer outra área da engenharia, é muito mais complicado melhorar a performance de algo depois de pronto, portanto precisamos ter todos os aspectos que desejamos em nosso software desde o começo, assim o custo e esforço será muito menor.

Já falamos no post Qualidade vs Velocidade como certas escolhas podem colocar o seu projeto em um caminho que muitas vezes não tem volta.

A percepção de velocidade é algo muito importante, mas mais importante do que isso são os números que irão te dizer se realmente o seu site está tão rápido quanto você deseja.

Existem algumas ferramentas gratuitas que te ajudam a ter uma noção melhor sobre como está a performance atual do seu site, uma das que mais utilizamos aqui na Boomers é o Lighthouse, ferramenta de código-aberto desenvolvida pelo Google, mas se você não tem as habilidades técnicas pra usá-la fica tranquilo, o Google criou também o PageSpeed Insights, uma interface que deixa o processo incrivelmente fácil.

Nessa ferramenta você consegue ver o tempo que o seu site demorou para carregar uma página, como ele se comportou em dispositivos celulares e o mais importante, dicas de como melhorar a performance (Google <3).

Outro fator muito importante que é impactado pela performance do seu site é o SEO (Search Engine Optimization). A matemática é simples, quanto mais rápido seu site for, melhor colocado ele aparecerá nos sistemas de busca, e quem não sonha em ter sua empresa na primeira página do Google?

A performance do seu site é super importante, mas não podemos esquecer de testar como seu sistema se comporta quando submetido à um teste de stress. O teste de stress serve para identificar quantos usuários o seu sistema aguenta atender ao mesmo tempo antes que suas métricas se degradem, por exemplo:

  • Se seu site demora 1 segundo para carregar para um usuário, ótimo, temos um sistema muito rápido que vai agradar os usuários
  • Se seu site demora 5 segundos para carregar quando há 10 usuários online, temos um problema, pois quanto mais usuários você tiver, mais lento seu software será

Como vimos, há diversas facetas a se considerar quando estiver desenvolvendo um sistema, e performance é apenas mais uma delas, não deixe que a falta dela faça seus clientes abandonarem seu produto.

Se tiver alguma dúvida, fique á vontade para entrar em contato conosco por aqui e não se esquece de nos seguir lá no instagram @boomersoficial para ficar por dentro das novidades!